fbpx

Operação bem-sucedida do BRT leva 48 mil pessoas ao Rock in Rio

Os ônibus articulados do BRT transportaram cerca de 48 mil pessoas ao Rock in Rio nesta quinta-feira. Quem optou pelo modal conseguiu fugir dos congestionamentos e encontrou comodidade e organização nos embarques, mesmo nos horários de pico. Os três serviços especiais fizeram mais de 1.100 viagens entre 12h de quinta-feira (3/10) e a madrugada desta sexta-feira (4/10).

Tanto a operação voltada ao público do Rock in Rio quanto a dos usuários dos serviços regulares transcorreram sem qualquer problema. O BRT fez ajustes na operação e conseguiu atender toda a demanda. Os três serviços especiais estavam com intervalos curtos e as linhas regulares seguiram os horários utilizados nos dias úteis. O tempo médio do percurso entre o Terminal Jardim Oceânico, onde existe a integração com o metrô, e o Terminal Centro Olímpico foi de apenas 20 minutos.

“A operação do BRT ao longo desta última quinta-feira foi um sucesso e confirma este modal como um dos principais meios de transporte do Rio de Janeiro. Com um planejamento eficiente, o BRT conseguiu superar os desafios que a realização de grandes eventos impõe. Não é fácil ter picos de 10 mil passageiros por hora em apenas um terminal”, disse o presidente executivo do BRT, Luiz Martins.

Além disso, um outro fator foi fundamental para o sucesso da operação: a presença das forças de segurança nos principais terminais. Guardas e policiais garantiram o fluxo de passageiros nos terminais e ajudaram a evitar atrasos de partidas dos articulados por conta da atuação de ambulantes. No início da noite de ontem, um pequeno grupo de camelôs que atrapalhava o fluxo de passageiros no Terminal Jardim Oceânico entrou em confronto com a Guarda Municipal, mas ninguém ficou ferido e a situação foi logo normalizada.

Compartilhe em
suas Redes Sociais: