fbpx

BRT Rio intensifica ações anticalote nas estações

Começa amanhã mais uma obra para colocar fim à ação de caloteiros no sistema BRT. A medida, desta vez, vai ser implantada na estação Pedro Corrêa, do corredor Transcarioca, e segue o mesmo modelo do que já foi feito nas estações Curicica e Curral Falso. Entre as mudanças adotadas estão retirar os degraus localizados nas pontas das plataformas e colocar placas de metal nas extremidades e nas portas de embarque e desembarque de usuários. A expectativa é que em uma semana as mudanças estejam concluídas.
A obra anticalote na Pedro Corrêa se inicia no momento em que o Consórcio lança uma campanha nas redes sociais, desenvolvida pela agência Grito, de conscientização entre os passageiros para que eles não usem os ônibus sem pagar passagem. Com o slogan “Não seja vacilão, seja Bom de Busão”, o filme publicitário transforma objetos comuns, como poltronas, prancha de surfe e spray de tinta, em bonecos animados que cantam funk com mensagens de comportamentos para uma convivência respeitosa no BRT. Foram escolhidos 10 temas, e a primeira é a questão dos caloteiros. Esta abordagem é feita pela personagem Miss Catraka. Conheça a campanha no link: https://www.facebook.com/BRTRioOficial/app_1799395233620579
Os caloteiros são um problema no sistema, porque, além de sobrecarregar os BRTs, eles dificultam o planejamento das viagens, uma vez que representam um quantitativo ‘invisível’. Vale lembrar ainda que quem for pego viajando no transporte público sem pagar passagem pode pegar de 15 dias a dois meses de prisão e pagar multa, conforme artigo 176, do Código Penal.
Compartilhe em
suas Redes Sociais: