fbpx

Banhistas invadem articulados e dão calotes em estações do BRT na volta da praia

 

Fim de semana também foi marcado por incêndio na estação Arroio Pavuna e furto de cabos na estação Aeroporto Jacarepaguá

O domingo de sol forte atraiu cariocas para as praias. Mas, infelizmente, muitos banhistas causaram transtornos e confusão na hora da volta para casa nos articulados e estações do BRT Rio. Jovens invadiram os ônibus que paravam nos semáforos da região do Recreio dos Bandeirantes e deram calotes nas estações Gilka Machado e Recreio Shopping, situadas no corredor Transoeste.

Na manhã de domingo, um incêndio destruiu completamente a estação Arroio Pavuna, no corredor Transcarioca. O incêndio teria sido provocado por um grupo de pessoas que queimou o forro da estação para furtar a fiação. Os cabos externos de energia também foram levados pelos bandidos. A Arroio Pavuna é uma das 35 estações que estão fechadas devido a vandalismo e furtos de equipamentos. Desde abril, cerca de 100 estações foram alvo de vândalos e bandidos.

Já na estação Aeroporto Jacarepaguá, também localizada no corredor Transcarioca, bandidos furtaram cabos de alimentação dos circuitos das portas. A estação continua em funcionamento.

Apesar disso, o BRT Rio continua investindo na recuperação de estações. Nos últimos meses o BRT Rio iniciou um cronograma de reforma e melhorias de estações. Ao todo, 18 estações já passaram por intervenções nos últimos meses. As obras incluem o fechamento do acesso ao forro e à cobertura, pintura, nova rede elétrica, reforço na iluminação e sinalização. A nova estrutura que vem sendo utilizada na revitalização impede que ambulantes e moradores de rua guardem objetos na parte superior da estação, além de proteger o cabeamento elétrico. A iluminação também é reforçada com mais refletores.

Compartilhe em
suas Redes Sociais: