fbpx

Experiência do BRT Rio inspira projeto de corredor exclusivo em Campinas

A operação de corredores BRT no Rio de Janeiro inspira cada vez mais cidades brasileiras a implantar o sistema. O secretário de Transportes de Campinas (SP), Carlos José Barreiro, esteve na manhã desta quinta-feira no Centro de Controle Operacional do BRT Rio, junto ao Terminal Alvorada.

Recebido pelo gerente-geral do Consórcio BRT, Alexandro Castro, Barreiros recebeu informações sobre as várias fases de um projeto de implantação de corredores exclusivos, desde o planejamento até a operação do sistema. O secretário disse ter ficado impactado positivamente pelo que viu.

Vocês têm uma metodologia, um conceito que é última palavra em termos de melhoria do que tem no mercado aplicado ao sistema. Dificuldades de implantação de um projeto como esse são conhecidas e o BRT Rio enfrentou e está sabendo como superar as dificuldades, avaliou.

De acordo com Barreiro, o BRT Rio acerta ao apostar na integração desses diversos modais como o Metrô, trem e ônibus convencionais e elogiou a preocupação de fazer de forma gradual a eliminação do sistema convencional para o BRT ou as integrações entre os dois sistemas.

Barreiro explicou que Campinas, cidade com um milhão de habitantes, vai construir dois corredores de BRT totalizando 40 km de extensão. Lá, no nosso município, vamos aprimorar alguns conhecimentos que pegamos aqui hoje, avisou o secretário, que chegou ao Centro de Controle após embarcar num ônibus do serviço Galeão – Avorada (semi-direto). Meu deslocamento durou uma hora e vinte do aeroporto até aqui. É excelente existir um serviço desta qualidade e com essa tarifa saindo do aeroporto, comentou.

Comparte en
tus redes sociales: