fbpx

Passageiras mudam o visual em ação do BRT no Outubro Rosa no Terminal de Madureira

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O Consórcio BRT levou uma ação em prol do empoderamento feminino para o Terminal Paulo da Portela, em Madureira, como parte da sua programação do Outubro Rosa. Em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, foram oferecidas oficinas gratuitas de turbantes e tranças nagô. Tanto as passageiras quanto as colaboradoras do BRT mudaram seus looks.

A cuidadora de idosos Ana Lúcia Betzel usou um turbante pela primeira vez e foi para casa muito feliz com o resultado. “A minha madrinha é escritora e faz histórias só com negros. Eu sempre admirei esta cultura e os turbantes, que estão muito presentes nela. Eu queria me ver assim, eu nunca tinha feito antes. Achei fantástico”, comemorou.

Para a dinamizadora do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) de Rocha Miranda, Marizete Ferreira, esta ação não só promoveu a autoestima das mulheres como também ajudou a disseminar mais conhecimento sobre a cultura negra. “É importante que ações como esta aconteçam aqui em Madureira para multiplicar o conhecimento sobre o empoderamento feminino sem esquecer a nossa matriz africana”, disse. Ainda participaram da ação integrantes da Casa da Mulher Carioca Tia Doca e da Casa da Mulher Carioca Dinah Coutinho.

Até a próxima quinta-feira, dia 31, todos os passageiros que passarem pelo terminal de Madureira poderão também conferir a exposição “A mulher e o câncer de mama no Brasil”. Feita pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), a mostra, adaptada pelo BRT, enfatiza a importância do autocuidado e destaca os tipos de tratamento que existem atualmente.

Além disso, estamos com uma caixa no local para quem quiser doar lenços, bandanas e chapéus. Os itens arrecadados serão encaminhados pelo Consórcio BRT para o Instituto Vamos Viver, que apoia mulheres que enfrentaram o câncer ou que ainda passam pelo tratamento da doença.

Share in
your Networks: