fbpx

O legado do Rock in Rio: BRT comemora novos ônibus e balanço positivo da operação especial

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Parte dos 300 mil cariocas e turistas foi à Cidade do Rock na frota alugada que agora integrará o Transoeste

A operação montada pelo BRT para atender ao público do Rock in Rio termina com saldo positivo e um legado para os moradores da cidade. Foram cerca de 300 mil passageiros transportados pelos três serviços especiais do BRT e mais de duas mil viagens realizadas (idas e voltas) nestes sete dias de festival. Este resultado só foi possível graças à megaestrutura montada pelo Consórcio para atender a demanda do festival sem afetar os passageiros do dia a dia. Uma das medidas mais efetivas foi o aluguel de articulados de outras capitais e que a partir desta terça atenderão as linhas regulares do BRT Transoeste.

Quem optou por utilizar os serviços especiais conseguiu realizar embarques com comodidade e segurança, além de fugir dos engarrafamentos no entorno da Cidade do Rock. Tanto a operação voltada ao público do Rock in Rio quanto a dos usuários dos serviços regulares transcorreram sem problemas nos dias de evento. Os três serviços especiais estavam com intervalos curtos e as linhas regulares seguiram os horários utilizados nos dias úteis. O tempo médio do percurso entre o Terminal Jardim Oceânico, onde existe a integração com o metrô, e o Terminal Centro Olímpico foi de apenas 20 minutos!

A única adversidade ocorreu no primeiro dia de festival, na sexta-feira (27), no Terminal Jardim Oceânico, devido a uma conjunção de fatores como a presença maciça de ambulantes no local e uma manifestação que vinha sendo organizada pelas redes sociais há alguns dias, aproveitando a projeção do evento e jornalistas no local. Mas, a operação foi rapidamente normalizada e ajustada para os próximos dias com sucesso.

Ônibus alugados irão reforçar frota do BRT Transoeste

De modo a não afetar as linhas regulares utilizadas pelos passageiros do dia a dia, o BRT montou uma infraestrutura que contemplou o aluguel de articulados extras e modificou terminais.

Como o Rock in Rio também é realizado em dias úteis, foi providenciada a locação de articulados para aumentar a frota e não impactar negativamente o serviço regular. Todos os ônibus alugados serão mantidos temporariamente para reforçar a frota do BRT Transoeste até que outros ônibus que estão em manutenção voltem a circular. Estes articulados alugados já passaram por vistoria técnica e começam a circular a partir desta terça-feira (8/10).

“O Rock in Rio é um dos principais eventos do calendário da cidade e ficamos muito felizes que a operação especial que fizemos tenha contemplado também a população carioca que utiliza o BRT no dia a dia. O reforço da frota do Transoeste com os veículos que foram alugados para servir o público do festival fará a diferença no cotidiano dos usuários do nosso sistema”, celebrou o presidente executivo do BRT Rio, Luiz Martins.

A infraestrutura especial também modificou os três principais terminais de saída e chegada para os shows: Alvorada, Centro Olímpico e Jardim Oceânico. No Terminal Jardim Oceânico, por exemplo, foi feita uma obra de extensão da plataforma e instalação de uma cobertura metálica. Esta estrutura adicional da plataforma tinha 25 metros de comprimento e quase 11 metros de largura.

O Consórcio ainda investiu em sinalização, geração de emergência, contratação de quase 100 orientadores “posso ajudar?”, validadores, catracas, containers de bilheteria e para viabilizar toda a operação, sistema de segurança e limpeza, entre outros.

Share in
your Networks: