fbpx

BRT Rio distribui 15 mil máscaras nas estações Santa Cruz, Mato Alto, Pingo D’Água e Terminal Alvorada

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O BRT Rio começou a distribuir nesta terça-feira, dia 2, 15 mil máscaras para os passageiros das estações Santa Cruz, Mato Alto, Pingo D’Água e do Terminal Alvorada. A ação é uma parceria com a Fábrica Carioca de Catalisadores (FCC S.A.), localizada em Santa Cruz.

Sob encomenda da FCC S.A., as máscaras foram confeccionadas pelas costureiras da escola de samba Acadêmicos de Santa Cruz. O projeto gerou renda para 29 famílias neste momento difícil da economia do país.

Para a confecção das 15 mil máscaras foram seguidos critérios de manutenção, higienização e segurança que envolveu equipe e fornecedores. O TNT das máscaras é de polipropileno com gramatura 60. Foram utilizadas três camadas, proporcionando assim maior segurança. Ele é lavável e reutilizável. O tempo máximo de uso é de até três horas.

“Esta ação se complementa às medidas que o BRT Rio já vem tomando para evitar a maior disseminação da doença. Em ações conjuntas com o poder público, já fizemos a desinfecção de três terminais, proporcionamos álcool em gel e máscaras para os nossos passageiros. Além disso, os articulados estão em processo constante de higienização. A parceria com a FCC reforça o compromisso do BRT Rio em proporcionar maior segurança aos usuários”, afirmou o presidente-executivo do BRT Rio, Luiz Martins.

“Temos responsabilidade com o nosso entorno. Numa crise sem precedente nas nossas gerações, não podemos deixar de ajudar as populações. Com isso vamos distribuir máscaras nas  estações de Santa Cruz, Mato Alto, Pingo D’Água e do Terminal Alvorada ! Estamos muito orgulhosos com nossa ajuda e, principalmente, com o grau de mobilização da nossa gente com essa causa!” enfatizou o diretor superintendente da FCC S.A., Arlindo Moreira Filho.

“Acreditamos num futuro melhor através das pessoas e nesse momento crítico com a crise do COVID-19 a FCC S.A. não poderia deixar de atuar com responsabilidade social e apoiar as comunidades do entorno. Nos sentimos responsáveis e orgulhosos em poder contribuir”, ressaltou o diretor da FCC S.A.,  Cid Carvalho.

Share in
your Networks: