fbpx

BRT Rio define próximas estações para reforma e recuperação

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Até agora sete estações já foram reformadas

O BRT Rio definiu nesta terça-feira, dia 11, a ordem das estações que serão reformadas ou recuperadas nos próximos meses. No total, 20 estações dos corredores Transoeste e Transcarioca receberão intervenções, que incluem o fechamento do acesso ao forro e à cobertura, pintura, nova rede elétrica, reforço na iluminação e sinalização.

No corredor Transcarioca, a recuperação da Rede Sarah terá início na próxima segunda-feira, dia 17. Mercadão e Vila Queiroz, que também estavam completamente depredadas, já iniciaram as obras de recuperação. Já a estação Vaz Lobo, que está em funcionamento, entra na reta final de reforma. As outras estações que serão reformadas ou recuperadas no corredor Transcarioca serão Santa Luzia, Olaria, Tanque, Praça Seca e Vila Kosmos.

No corredor Transoeste a estação que recebe as melhorias nesse momento é a Parque das Rosas. Depois virão Barrashopping (Parador), Bosque da Barra, Americas Park, Santa Mônica Jardins, Riomar, Nova Barra e Mato Alto. Neste corredor já foram reformadas as estações Bosque Marapendi (Parador e Expresso), Paulo Malta Rezende, Afrânio Costa, Riviera e Ricardo Marinho e Novo Leblon.

Paralelamente às reformas o BRT Rio vem reforçando a iluminação em algumas estações. Foi o caso da Lourenço Jorge e Centro Metropolitano. Ainda receberão essa melhoria nos próximos dias as estações Aeroporto Jacarepaguá, Via Parque e Rio 2, todas no corredor Transcarioca.

“Estamos fazendo um grande esforço para reformar e recuperação essas estações, mas para que elas continuem funcionando plenamente é fundamental que os agentes públicos reforcem a segurança e a população ajude a mantê-las, inclusive não dando calotes e denunciando os crimes de vandalismo e furtos de equipamentos”, afirmou o presidente executivo do BRT Rio, Luiz Martins.

A nota triste fica por conta de mais um caso de vandalismo. Nesta terça-feira, dia 11, a estação Tapebuias, no corredor Transolímpica, precisou ser fechada após colocarem fogo na caixa de energia elétrica.

Share in
your Networks: